PT
Você não tem itens no seu carrinho de compras.

Desparasitação em animais de estimação

Desparasitação em animais de estimação

Os animais de estimação exigem muita responsabilidade e são motivo de preocupação por parte dos seus donos.

Os parasitas constituem um dos grandes problemas, comprometendo a saúde do animal e da família que os acolhe.

 

Porque deve desparasitar os animais de estimação?

A desparasitação trata-se de uma medida preventiva para evitar que parasitas se alojem no seu companheiro de quatro patas e provoquem doenças. Por norma, aconselha-se a desparasitação a cada 3-4 meses.

Por sua vez, também se recomenda a desparasitação dos donos, pelo menos uma vez por ano.

 

Que tipo de parasitas existem?

  •          Parasitas internos

Invadem o interior do organismo do animal, não sendo, por isso, visíveis a olho nu. A maioria dos casos ocorre sem manifestação de sintomas.

Existem várias espécies, sendo as mais conhecidas os ascarídeos (da família das lombrigas), as ténias e a leishmania (responsável pela leishmaniose).

  •          Parasitas externos

Os mais comuns são pulgas e carraças e surgem com maior frequência nos meses mais quentes. Instalam-se na pele dos animais provocando comichão e outras complicações (febre, lesões cutâneas).  

São os com maior impacto na saúde animal, quer seja pela remoção de substâncias e nutrientes do organismo (ex.: sangue), quer pela transmissão de parasitas internos, bactérias e vírus responsáveis por doenças graves-

As pulgas podem ser responsáveis pela Dermatite Alérgica à Picada de Pulga (DAPP), caracterizada por prurido e desconforto intenso. Como os animais coçam e/ou limpam, podem ingeri-las e, viajarem pelo trato digestivo até chegarem aos intestinos.

As carraças, se não forem removidas rapidamente, podem transmitir bactérias e outros parasitas aos animais e aos próprios donos.

  

Quais os tipos de desparasitantes?

Primeiro de tudo, devem ser adaptados ao animal (consoante a espécie, raça, peso e idade), utilizados com regularidade (a frequência depende do produto usado) e incluir todos os animais do lar.

Para isso, existem dois tipos de desparasitantes para cães e gatos:  

  •          Desparasitantes internos

Nos cães, a desparasitação inicia-se geralmente às 2 semanas de idade. Nos gatos ocorre entre as 4-6 semanas de idade.

A desparasitação interna deve ser continuada e é sobretudo à base de comprimidos. Atualmente, também existem pastas para o efeito.

  •          Desparasitantes externos

Utilizados no animal a partir dos dois meses de idade. Devem ser também adequados às características do animal e aplicados com frequência.

 Inclui o uso de coleiras inseticidas, sprays, pipetas e champôs.

  

Que cuidados deve ter em casa para evitar parasitas?

  •          Aspire a casa e o carro regularmente;
  •          Lave a cama dos animais regularmente, com água bem quente e lixívia/detergente. Use sempre luvas;
  •          Evite que os animais se concentrem em locais húmidos e sem sol;
  •          Utilize desparasitantes próprios (ex.: inseticidas) nas zonas mais difíceis de limpar;
  •          Lave as mãos depois de tocar no animal

 

Os animais de estimação fazem parte da família e, por isso, devem ser tratados com atenção, carinho e responsabilidade.

Na nossa loja online, pode encontrar tudo aquilo que precisa para cuidar do seu animal de estimação e de si!

Deixe seu comentário