PT
Você não tem itens no seu carrinho de compras.

Gripes e Constipações: como prevenir?

Gripes e Constipações: como prevenir?

Embora ambas de origem viral, a transmissão da gripe e da constipação é causada por vírus distintos, o que significa que os sintomas que cada uma destas doenças manifesta e a forma como devemos atuar quando surgem é, também, diferente. Mas se as pessoas continuam a confundi-las, poderão não conseguir preveni-las ou fazer aquilo que é mais adequado para aliviar a sua sintomatologia. Assim, o primeiro passo é saber o que as distingue.

 

Gripe

1. É uma doença aguda viral que afeta especialmente as vias respiratórias.

2. A transmissão do vírus da gripe acontece através de espirros ou tosse, em que a pessoa infetada expele partículas. Também pode ocorrer por contacto direto (como, por exemplo, as mãos tocarem em objetos contaminados com as secreções de alguém infetado).

3. A melhor arma de prevenção contra a gripe é a vacinação, a qual é anual. Ocorre durante os meses de outono/ inverno, de preferência, em outubro/ novembro – já que o pico da atividade gripal é entre novembro e fevereiro.

4. Pessoas que tiveram uma reação alérgica grave a uma dose da vacina da gripe não devem voltar a tomá-la. Também não deve ser tomada por pessoas com alergia severa ao ovo.

5. O contágio é evitado pelo uso de máscara, isolamento, lavagem frequente das mãos com água e sabão (caso não consiga lavar as mãos utilize toalhitas). Quando tossir ou espirrar, utilize um lenço de papel ou o antebraço para tapar a zona da boca (não use as mãos!).

6. Os sintomas mais comuns associados à gripe incluem:

• mal-estar geral repentino;
• dores de cabeça e musculares/articulares;
• febre alta;
• e, em alguns casos, olhos inflamados.

7. Para aliviar as queixas recomenda-se:

• repouso em casa;
• toma de paracetamol para baixar a febre;
• uso de soro fisiológico para diminuir a congestão nasal;
• ingerir muitos líquidos (água, sumos, infusões/ chá) ao longo do dia.


Se os sintomas persistirem, deve consultar um médico.

 

Constipação

1. Trata-se de uma infeção das vias respiratórias superiores provocada por um vírus e, geralmente, é ligeira.

2. A transmissão ocorre, habitualmente, de indivíduo para indivíduo pelo contacto com as secreções respiratórias da pessoa infetada. Para isso, basta a pessoa infetada tossir, espirrar ou falar perto de alguém. O contacto direto com essas gotículas também é uma forma de transmissão.

3. Para prevenir o contágio deve lavar frequentemente as mãos, tossir ou espirrar para um lenço de papel ou para o antebraço.

4. As queixas mais comuns, que surgem de forma gradual, são:

• congestão e corrimento nasal intenso;
• comichão e vermelhidão no nariz;
• diminuição/perda do olfato e do paladar;
• espirros;
• olhos lacrimejantes;
• dor de cabeça e/ou de garganta;
• febre baixa.

5. Os sintomas tendem a atenuar-se com:

• repouso;
• ingestão de líquidos (água, sumos, infusões/ chá);
• evitar a exposição ao frio e a ambientes com fumo (e não fumar!);
• utilização de soro fisiológico para aliviar a obstrução nasal;
• toma de paracetamol para aliviar as dores e/ou baixar a febre.
 

Tanto na prevenção da constipação como da gripe aconselha-se a toma de suplementos vitamínicos com base em vitamina C, zinco, equinácea, entre outros. Para mais informações sobre estes suplementos, visite a nossa loja online.

 

Mariana Barata Pais
Técnica de Farmácia

Deixe seu comentário